Instagram – A hora e a vez dos perfis pequenos

No último dia 17/07 o Instagram colocou em prática a tão esperada ocultação das curtidas. Como toda novidade, é claro que a medida dividiu opiniões. De um lado os perfis menores, que agora não vão sofrer o preconceito de terem poucas curtidas. De outro lado,  estão os influenciadores digitais, que de agora em diante terão que tirar “prints” ou mostrar os bastidores de seus posts para possíveis parceiros comerciais. Vale lembrar que as curtidas não são visíveis para o público, porém totalmente acessíveis ao dono da postagem, que pode ver a quantidade de curtidas e os usuários que curtiram.

O que diz o Instagram

O Instagram informou que a medida visa diminuir o clima de competição dentro da plataforma, com menos foco nos números e maior cuidado na elaboração de bons conteúdos. No entanto, a empresa foi além, afirmando que a medida também ajudará a diminuir o ambiente tóxico dentro da rede social, diminuindo a ansiedade de usuários que se sentem pressionados pela necessidade de terem muitas curtidas em suas postagens.

Instagram quer ações reais dentro da rede

No fundo o que Instagram quer é que que as ações dentro da rede sejam de perfis reais, e não fruto de automações, que na sua maioria visam o aumento de seguidores e curtidas, sem focar na interação e engajamento entre as pessoas.

Por consequência, ao levar os perfis à necessidade de elaborarem bons conteúdos, o que o Instagram almeja é que o ambiente seja o mais agradável possível, levando as pessoas a passar um maior número de tempo logados no aplicativo.

Mais pessoas onlines, mais negócios

Ao conduzir suas ações para garantir o ambiente mais atrativo possível e atraindo cada vez mais usuários, fica garantida a eficiência do Facebook ADS, de onde são feitas as campanhas para o próprio Facebook e Instagram. Ao configurar uma campanha de anúncios, o usuário recebe do Facebook uma estimativa do público alcançado e do provável número de engajamento (curtidas ou cliques). Para que isso seja cumprido, é preciso que o público online seja verdadeiro, numeroso e qualificado. Ganha o Facebook/Instagram com a eficiência das Campanhas e ganha os usuários, que precisam desta eficiência para alavancar suas vendas através do chamado Marketing Digital.

Instagram avisará contas com risco de exclusão

Dando prosseguimento às suas ações, o Instagram avisou no dia 18/07, um dia após anunciar a ocultação de curtidas, que começará a avisar as contas com risco de serem excluídas, por conta de não adequação às suas políticas e termos de uso. Com o aviso, as contas terão como se adequar, podendo escapar, assim, da exclusão.

A hora e a vez dos perfis pequenos

Coincidência ou não, o fato é que exatamente quando o Instagram toma uma medida que, em tese, beneficia os perfis menores, a empresa InfluencerDB, especializada em Marketing voltado para influenciadores digitais, divulgou pesquisa em que revela que o nível de engajamento dos grandes influenciadores digitais  está diminuindo. Veja os números divulgados:

Perfis de mais de 10 mil seguidores – 3,6%  é o nível de engajamento (média do número de seguidores X número de curtidas empostagens).

Perfis de 5 mil à 10 mil seguidores – 6,3% é o nível de engajamento.

Perfis até 5 mil seguidores – 8,8% é o nível de engajamento.

Parece que as grandes empresas e marcas já perceberam esse movimento, muitas estão buscando perfis menores para firmar parcerias, patrocínios, permutas e etc. É uma lógica simples de se entender, afinal, é muito mais fácil para um perfil menor conseguir interagir no dia a dia com seus seguidores, quando este número é de uma certa forma pequeno. O engajamento fica altamente favorecido, como também se ampliam as chances de converter esses seguidores em clientes.

(Artigo publicado no Blog do Pimenta)

ASSISTA A VIDEOAULA COMPLETA SOBRE ESSE TEMA:

AUTOR:

LUIS PIMENTA

Jornalista & Radialista

PERFIS NAS REDES SOCIAIS:

www.instagram.com/luispimenta.jornalista

www.facebook.com/luispimenta.jornalista

www.youtube.com/blogdopimentarj